seja bem vindo (a)

Ao Sindicato Intermunicipal dos
Trabalhadores em Edifícios e
Condomínios Residenciais,
Comerciais e Mistos Shopping do RS.

sede · porto alegre 

filial · novo hamburgo

filial · capão da canoa

quem somos

   A data reconhecida como de fundação do SINDEF/RS, para todos os fins é 20.08.1973, independente da reconhecida e inestimável luta empreendida pelos bravos 50 (cinqüenta) zeladores e porteiros nos idos de janeiro de 1963. As dificuldades financeiras para a formatação rápida de um sindicato, foram os entraves encontrados à época, além da burocracia ministerial. Os empregados em edifícios e condomínios, faziam parte do Sindicatos dos Empregados em Hotelaria de Porto Alegre, após passaram a serem representados pela Federação dos Empregados em Turismo e Hospitalidade do Rio Grande do Sul.

   Um grupo de idealizadores, promoveu a fundação da base sindical dos empregados em edifícios, através da criação da “Associação dos Empregados em Edifícios de Porto Alegre” em data de 25.01.1963, após sua divulgação, a Associação, que era à época pré-requisito para postular-se junto ao Ministério do Trabalho o registro como entidade sindical. Finalmente após 10 (dez) longos anos de tramitação do processo, com recebimento de correspondência e remessas de outras tantas, foi concedida a Carta Sindical em data de 20.08.1973, passando a associação à qualificar-se como SINDICATO, em seu início atuou em duas sedes provisórias, a primeira na Av. Borges de Medeiros, por aproximadamente dois meses, e após durante 2 (dois) anos em uma sala na Galeria do Rosário, em arrojado empreendimento à época, adquiriu sua primeira sede própria no ano de 1975, através do sistema PAT ( programa dirigido a sindicatos e associações, no financiamento de bens imóveis), localizada à rua Dr. Timóteo, 878, foi devidamente reformada para atender as necessidades de um sindicato. Nesta época a maior prioridade foi a divulgação da existência do sindicato, tanto aos empregadores quanto aos empregados. Em 1985, adquiriu a casa geminada a sede, que detinha o número 880.

   Os primeiros passos à nível de Sindicato foi a promoção de Dissídio originário inicialmente contra a Federação de Turismo e Hospitalidade do Rio Grande do Sul, com cláusulas básicas e em especial a criação de salário mínimo normativo à categoria, bem como da data base da categoria, ou seja,  01.MARÇO, pois até então a grande maioria dos empregados em edifícios recebiam salário mínimo.

   Nos anos subseqüentes através da CES ( Comissão de Enquadramento Sindical ) o SECOVI ( Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis ) passou a representar os edifícios e condomínios, face a esta peculiaridade iniciou-se a suscitar e negociar-se os dissídios com o SECOVI/RS.

   Os demais empregados fora da abrangência, da área de Porto Alegre, continuavam representados pela Federação dos Empregados em Turismo do RS. Face as dificuldades salariais encontradas pelos empregados em edifícios do vale do sinos e do litoral norte, através de Assembléia Geral do     trabalhadores, no ano de 1986, postulou-se junto ao Ministério do Trabalho, o pedido de extensão territorial com inserção de apostila na Carta Sindical, e conseqüente modificação na nomenclatura, passando a chamar-se Sindicato dos Empregados em Edifícios, Zeladores, Porteiros, Cabineiros, Vigias, Faxineiros e Serventes de Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Tramandaí, Capão da Canoa e Torres, representando os municípios e regiões circunvizinhas, criava-se posteriormente a este momento a logomarca SINDEF.

   Contudo os empregados em edifícios dos demais municípios do Rio Grande do Sul, não representados pelo SINDEF, em verificando os mesmos que os salários e cláusulas sociais do SINDEF eram muito mais benéficas para eles dos que as existentes, e, com o sentimento de estarem sendo prejudicados passaram a solicitar a extensão da base a nível do estado do Rio Grande do Sul, visto que os salários daqueles municípios não representados, mal diferenciava-se do salário mínimo legal. Como o número de solicitações eram aos milhares, promoveu-se Assembléia Geral dos trabalhadores à nível regional, que tendo decidido pela extensão estadual das atividades do SINDEF, foram necessárias modificações nos Estatutos Sociais, encaminhamento ao Ministério do Trabalho através da divisão de Relações do Trabalho, acolhida a pretensão, criava-se então em data de 30.07.98, o SINDEF/RS.

   Hoje o SINDEF/RS, negocia com a entidade patronal, qual seja: O SECOVI/RS, que detém a representação de aproximadamente 97% (noventa e sete por cento) dos municípios do Rio Grande do Sul. O Salário Mínimo Profissional, normalmente é reajustado em índices superiores a inflação medida no período de apuração, além de cláusulas sociais que beneficiam a categoria como um todo. Aqui alguns exemplos:

  • Estabilidade aos funcionários em vias de aposentadoria;
  • Triênios;
  • Estabilidade para as gestantes ou funcionários em auxílio doença de 90 dias;
  • Obrigatoriedade das empresas em afixar em murais avisos;
  • Seguro de Vida, em casos de acidentes que levem o obreiro a invalidez permanente, ou morte, qualquer que seja a causa;
  • Abono de falta para estudantes em época de provas;
  • Dispensa dos empregados, para Cursos de Aperfeiçoamento Profissional, promovidos pelo SINDEF/RS.

LINHA DO TEMPO SINDEF

2021 – Com o falecimento do diretor presidente, assume em fevereiro o vice presidente Everton da Silva Feijó, na condição de presidente da entidade.

2018 – Eleições sindicais, com recondução da diretoria, agregando-se novos diretores.

2013 – Recondução do Sr. Edison Artur da Silva Feijó, para mais um mandato de 5 (cinco) anos frente a entidade sindical.

2012 – Reestruturação da sede Capão da Canoa, com reforma total da sede, firmando-se parceria com diversas clínicas médicas e odontológicas na área de Capão da Canoa. Institucionalização da sede de Torres em parceira com outro sindicato.

2010 – Institucionalização de parceria, coma formalização de Plano de Saúde, ambulatorial ou hospitalar com operadora de plano de saúde, a critério do trabalhador que venha a aderir a um ou outro grupo.

2008 – Eleição sindical e recondução da diretoria para novo mandato de 5 (cinco) anos.

2006 – Expansão da sede campestre, tanto em área física construída quanto pela aquisição de 3 ha (três hectares) nos fundos da área já existente.

2005 – Recebe pela segunda vez o Certificado de Responsabilidade Social. Firma parceria com a ONG “APORTA” com atendimento na área de  psicologia e tratamento de transtorno de ansiedade de forma gratuita para sócios expansiva ao público em geral. Neste ano institui a sub-sede na cidade de Pelotas/RS.

2004 – É agraciado com o Certificado de Responsabilidade Social, promoção da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul.

2003 – Reestruturação da sede de Capão da Canoa, com o aumento da área física para melhor atendimento. Criação do DTG (Departamento de Tradições Gaúchas) e participação com montagem de galpão criolo no Acampamento Farroupilha, que perdurou até o ano de 2019.

2002 – Reestruturação da sede campestre, com a construção de dois quiosques, com churrasqueiras, uma laje de cobertura no vestiário das piscinas.

2001 – O SINDEF/RS, dispõe de 03 (três) salas de cursos com 60 m² (sessenta metros quadrados) sendo que a primeira: com: telão, data-show, televisão 29”, DVD, computador portátil e aparelhagem de som e cadeiras universitárias; a segunda sala: equipada com Telão, data-show, e dez computadores em rede com internet de alta velocidade, onde são ministrados cursos de informática; a terceira para cursos em geral. Neste mesmo ano procede na instalação de 03 (três) gabinetes odontológicos, sala de Raio X, sala de esterilização, bem como de gabinete para médico clínico geral e gabinete de pediatria.

2001 – O SINDEF/RS iniciou no final do ano, com grande sucesso de aceitação, a promover a intermediação de Cestas Básicas, diretamente com os empregadores a preços extremamente compensadores para os adquirentes, tal intermediação permite que o empregado possa adquirir ele próprio a sua cesta básica, com desconto em folha, sinale-se, as cestas são entregues gratuitamente no local de trabalho do empregado.

2000 – Iniciou-se a construção da sede matriz com a unificação dos dois imóveis contíguos (878 e 880), com o intuito de promover adequação e criação de maior espaço físico, tal ousada iniciativa perdurou por 22 meses, até sua completa conclusão.

1999 – O SINDEF/RS, cria a Cooperativa Habitacional – COONHAP (Cooperativa Nacional de Habitação Popular), já em Outubro de 1999, realizou a entrega das primeiras residências a 10 (dez) famílias, na cidade de Cachoeirinha/RS. Contudo no presente momento está desativada, face a atual conjuntura sócio-econômico do País. 1999 Em dezembro, finda a gestão do Presidente Edison Artur da Silva Feijó, e, através de concorrida eleição pelos associados, é reconduzido para um mandato de mais 04 (quatro) anos, compreendendo o quatriênio 2000/2003. Com a prioridade de impulsionar a área social, fortalecendo o Sindicato no interior do Estado, com vista a criação de Sub-sedes ou parcerias com sindicatos localizados no municípios de maior fluxo de pessoas na categoria, com o intuito de proporcionar atendimento social e profissional a todos e em todo o Rio Grande do Sul.

1998 – O SINDEF/RS, através de importante parceria com o SECOVI/RS (Sindicato econômico) proporciona a todos os trabalhadores mais um serviço na área da saúde, sem que tenham qualquer ônus ou seja, o custeio é procedido pelos empregadores, via criação do SECOVIMED- Serviço Social da Habitação tem como missão a prestação da assistencial médica ambulatorial nas especialidades de clínica geral, ginecologia, cardiologia e medicina do trabalho, assistência odontológica e atendimento preventivo, realizações de exames laboratoriais básicos para todos os empregados, além de todos os serviços disponíveis a instalação de uma farmácia, com um conceito inovador, com preços especiais para seus usuários.

1996 – Adquiridas duas salas comerciais, na cidade de Novo Hamburgo, para atender os sócios e a categoria da região do Vale dos Sinos.

1993 – O primeiro convite internacional da CLAT a várias entidades sindicais gaúchas e de outros estados, para um curso de formação na UNIVERSIDADE DOS TRABALHADORES NA AMERICA LATINA – UTAL., a qual o SINDEF/RS foi representado por Edison Artur da Silva Feijó, que exercia o cargo de vice tesoureiro à época.

1983 – É criado o jornal de circulação gratuita inicialmente mensal e a partir de 1996 de forma semestral, e na atualidade bimensalmente ” O GUARDIÃO ” orgão oficial do SINDEF/RS, com matérias de interesse da categoria profissional, Convenção Coletiva na íntegra, assim como Leis básicas Trabalhistas, informações sobre convênios, e outras matérias, que envolvem a categoria profissional.

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

SINDEF POA

De Segunda a Sexta-feira das 08:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00

SERVIÇOS

Verificar os horários de cada serviço no link SERVIÇOS deste Site.

DEMAIS INFORMAÇÕES

Central de Atendimento: 51 3222.7522